SALMOS 95:1-3

"Vinde, cantemos ao Senhor: cantemos com júbilo à rocha da nossa salvação. Apresentemo-nos ante a sua face com louvores e celebremo-lo com salmos. Porque o Senhor é Deus grande, e Rei grande acima de todos os deuses..."

"Orando por quem te persegue e abençoando quem te amaldiçoa!"



domingo, 26 de junho de 2011

Você está desanimado?


Versículos: Salmo 34:18,19 / Romanos 15:13 / II Coríntios 4:16-18 / Filipenses 4:10-13
Não se envergonhe de admitir, em oração, que você está desanimado, abatido. Nosso Deus é tão maravilhoso que vê o nosso coração, nosso íntimo e entende que, em certos momentos, nem mesmo forças para orar temos. Mas, Ele escuta o nosso silêncio, lê nas entrelinhas dos nossos gemidos e estende a Sua poderosa mão em nosso socorro. Ele se agrada da nossa sinceridade ao admitirmos que estamos fracos. É aí que Ele gosta de agir; na nossa total dependência Dele.
O nosso Deus promete estar perto de quem tem o coração quebrantado, abatido. Se este é o seu caso, Ele está falando com você! Confesse para você mesmo, em alto e bom tom ou mesmo em gemidos, que: “O Senhor é a minha salvação, eu confiarei e não temerei porque o Senhor Jeová é a minha força.” Ele é a minha alegria; Nele posso confiar! Ele jamais vai me trair; posso ser eu mesmo diante Dele, sem máscaras. Ele me compreende, Se importa comigo. Relembre e diga quantas coisas Ele tem feito por você. Estas palavras são para lhe encorajar, pois o inimigo quer que você esqueça tudo que Deus tem lhe feito. O nosso testemunho nos fortalece e envergonha o inimigo que quer que fiquemos calados ou murmurando ao invés de contarmos quantas bênçãos temos recebido do Senhor. Devido à crise que está passando, pelo sofrimento em que está vivendo hoje, você pode estar com vontade de desistir, de largar tudo, mas concentre-se, volte-se para Cristo que lhe fortalece nestes momentos de fraqueza. Mesmo que as dificuldades estejam presentes, não deixe que diminuam a sua fé. Pode parecer estranho, mas em cada sofrimento há um propósito. Veja o quanto Cristo sofreu por mim, por você, para nos dar vida em abundância? Levante-se! Olhe além desta vida. Existe um lugar onde você, nós, viveremos com Deus acima da dor que enfrentamos nesta vida. Olhe as dificuldades como oportunidades, sabendo que esta vida, o hoje, não é tudo o que há. Há esperança em meio à dor, perseguição, enfermidade... Não olhe as circunstâncias; ande “sobre as águas”. Seja alegre em qualquer situação. Parece difícil, mas é isto que envergonha o inimigo das nossas almas. É andando com Cristo, seguindo Seus passos que está o segredo para obter a força necessária nos momentos de adversidades. Confie que Deus cumprirá Suas promessas feitas a você. Você sabe quais são Suas promessas para a sua vida? O segredo é ler a bíblia, conhecer o Senhor através da Sua Palavra, pois assim você saberá o que lhe é de direito, o que Ele tem prometido e poderá, então reivindicar suas bênçãos. Tome uma atitude! Abra um sorriso! Jesus está ao seu lado segurando em sua mão. Se for o caso, contente-se com o que tem e deixe Deus agir quanto ao restante, pois é Ele quem sabe o que é melhor para você.” Medite no que deve fazer e não no que deve ter. Estabeleça prioridades e dê um passo de cada vez, mas não pare. Deixe que o amor de Deus lhe sustente quando você enfrentar a decepção, a rejeição... Nem sempre a vontade de Deus é a nossa! Tire os olhos dos problemas, pois quanto mais os valorizamos, mais eles se agigantam. Não murmure! Louve a Deus pelo ar que respira, pela chuva, pelo sol, pelos lindos pássaros, lindas flores, pelo ente querido, e assim, se fortifique conscientizando-se que Deus está no controle.

4 comentários:

Anônimo disse...

Palavra abençoada! que alegra o nosso coração , e nos encoraja.
falou muito comigo..obrigadaa DEUS TE ABENÇOE, beijos
sabrine.diomazio@hotmail.com

Anônimo disse...

Obrigado, li e me acalmei um pouco
bagete@uol.com.br

Anônimo disse...

Obg

Anônimo disse...

Obg... precisava ouvir td isso. Preciso aprender a agradecer a Deus mt mais...
Deus maravilhosoo!
Obg Senhor, por tamanha misericordia!
Eh xô tristeza